Andar de mãos dadas…

Já faz 2 anos e meio que estou em outra relação. Então, na dedicatória que você lê no começo do meu livro Entre Garotos, foi para o ex…  🙄
Uma das coisas que costumava falar para o ex era: Tudo menos traição.
E foi isso que aconteceu. Mas isso é para um outro post.

Hoje vou comentar sobre o Kevin ❤
Aqui onde moro agora, em Massachusetts – EUA, é um pouco diferente de outros estados. Aqui há uma diversidade de pessoas por causa das universidades conhecidas ao redor do mundo.

O Kevin cresceu nesse “mundo” aqui.
Eu ainda tenho muito resquícios do passado e uma coisa que me trava ainda é andar de mão dada por aí.
Não me pergunte se isso é necessário, porque não tem nada a ver necessidade em demonstrar… e sim, sobre o amor e carinho entre duas pessoas.

Queria muito, ao visitar o Brasil, poder fazer isso sem sofrer nenhuma agressão. Creio que ainda seja possível… Talvez em São Paulo?

Eu nunca fui muito acostumado fazer carícias em público no Brasil, aversão essa por medo. Me privava desse ato, que é tão comum no mundo hétero. E olhando para trás, vejo que nunca tive uma relação completa fora de casa com o ex.

Será que algum dia vamos poder ir à todos os lugares, onde todos deixassem suas armas de lado?

Quero demonstrar amor ao meu companheiro, não só dentro de casa. Vou tentar fazer isso quando visitar minha terra natal em breve.
Sei que antes de reividicar isso de alguem, isso exige questionar também meu prório preconceito. 😳

Até breve,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.